Desvendando as Frases Enigmáticas do Yoga

Se você vem aqui já há algum tempo, já deve saber – o Yoga é mais do que apenas uma série de posturas físicas: é um caminho espiritual profundo, um estilo de vida que busca a união entre corpo, mente e espírito. No processo de aprender, a gente cruza com diferentes mestres, tradições, visões e acaba escutando uma série de coisas que, no melhor cenário, geram uma certa confusão, e no pior… bem, digamos que aí elas vão mais atrapalhar do que ajudar! Entre os ensinamentos tradicionais do yoga e um monte de coisas que ninguém sabe direito de onde veio, tentei reunir aqui a maioria das frases e o que significam, pra poder ajudar um pouco o(a) praticante mais novato (ou nem tanto) a se situar nessa selva!

  1. “Todos Somos Um”

Essa é uma das frases mais icônicas no Yoga. Ela transmite a ideia de que, apesar das aparências externas que nos fazem parecer separados, todos nós estamos intrinsecamente ligados. Mais do que isso! Imagine que somos como ondas no oceano ou pratos, vasos, jarros e panelas de cerâmica – somente a aparência, o nome a forma nos distingue. Nossa essência é a mesma.

Quando entendemos essa frase no contexto do Yoga, percebemos que nossas diferenças superficiais, como raça, religião e nacionalidade, são apenas uma pequena parte do que somos. O Yoga nos ensina a olhar além dessas diferenças e a reconhecer a unidade subjacente que nos conecta a todos. É uma lembrança de que devemos tratar a todos com amor, compaixão e respeito, pois, no nível mais profundo, somos todos um.

  1. “Yoga é União”

Essa é uma das definições mais básicas de Yoga, e também uma das mais… fracas. Quer dizer, afinal, se dizemos que yoga é união, nós estamos unindo o que com o quê? Mas, oras… não acabamos de dizer que “todos somos um”?
Geralmente, pra explicar que yoga é união, o pessoal diz “é unir o ser individual ao Ser universal”, o que até parece muito bonito. Mas, afinal o que é o “ser” individual? E como ele está separado do universal? Como no exemplo da onda no oceano, ou dos utensílios de cerâmica, vemos que as coisas não estão desconexas de sua essência. Então, podemos dizer, talvez que yoga é uma “aparente re-união”, pois embora as coisas não estejam realmente separadas, elas parecem estar, segundo a nossa percepção. 

  1. “Encontre a Paz Interior”

Essa é uma frase comum associada à prática de meditação no Yoga. Muitas pessoas buscam a meditação para encontrar a paz interior em um mundo agitado e estressante. No entanto, é importante entender que a paz interior não é algo que precisa ser encontrado; ela já está dentro de nós – ela emana da nossa própria natureza fundamental.

Imagine a mente como um lago tranquilo e cristalino. Às vezes, a superfície desse lago fica agitada devido aos ventos da preocupação, ansiedade e estresse. A meditação não cria a paz, mas ajuda a acalmar as águas agitadas da mente para que possamos enxergar a paz que sempre esteve lá.

  1. “O objetivo do yoga é Aniquilar o Ego”

Taí uma frase referente ao yoga que é problemática pra caramba. Afinal, aniquilar o ego? Sua noção de eu? Sua individualidade? Sabe o que não tem “ego”? Um repolho. Você quer ser um repolho?
O que essa frase quer transmitir é “aniquilar a total identificação com o ego”, o que quer dizer que somos mais do que essa personalidade, esse corpo, essa mente. Essas coisas mudam o tempo todo, nossa natureza fundamental, não. Então, o ponto é enxergar mais fundo, na direção desse que é o dono do corpo, da mente, das sensações. Pergunte-se: quem observa o pensamento? Quem observa o silêncio? Se você testemunha a presença e a ausência de algo, você não é nenhum dos dois! Aniquilar o ego é ver através dessa ilusão de que somos essa “pessoa” limitada que conhecemos hoje.

  1. “Estar no Momento Presente”

Por fim, uma das lições mais valiosas do Yoga é a importância do momento presente. Frequentemente, estamos presos no passado ou preocupados com o futuro, perdendo a preciosidade do agora. O Yoga nos ensina a estar plenamente presente em cada respiração, em cada postura e em cada momento da vida.

Imagine que a vida é uma série de quadros em um filme. Cada quadro é único e nunca se repetirá. O Yoga nos convida a apreciar cada quadro, a viver cada momento com consciência e gratidão. É nesse espaço do momento presente que encontramos a verdadeira paz e alegria.

Em resumo, o Yoga é muito mais do que apenas exercícios físicos; é um caminho espiritual que nos ensina a ver além das aparências, a buscar a união e a encontrar a paz interior. É uma jornada em direção ao nosso Eu Superior e à plenitude do momento presente. À medida que exploramos essas frases comuns no Yoga, podemos aprofundar nossa compreensão do significado do Yoga em nossas vidas e experimentar sua sabedoria transformadora.

 

Leandro Casttelo Branco

Leandro Castello Branco, coordenador do Saraswati Studio de Yoga no Rio de Janeiro, vive o Yoga há mais de duas décadas. Morou seis meses na Índia em 2006 e desde então teve a oportunidade de viajar estudando vedanta, yoga e meditação com diversos mestres como Swami Dayananda Saraswati, S.S. o Dalai Lama e o mestre zen Thich Nhat Hanh. É autor do "Guia Prático para o Coração do Yoga", que chegou a ser um dos mais vendidos da Amazon/Kindle na categoria "Saúde e Família" e hoje já formou mais de 520 professores de Yoga. Em 2017 iniciou um trabalho online que já impactou centenas de milhares de pessoas em cursos, workshops e palestras.

Me acompanhe nas redes sociais


Autor
Posts + populares
×