O Segredo Oculto na Saudação ao Sol

O título do texto chamou sua atenção? Espero que sim, porque é verdade – existe um significado oculto nessa que é talvez a sequência de posturas mais famosas do yoga. Pois não importa qual estilo você pratique, seja Hatha, Ashtanga, Vinyasa, ou Iyengar você já ouviu falar dela e, principalmente se você é fã de Vinyasa ou Ashtanga, com certeza você já fez milhares de vezes essa sequência!

E apesar de que o “surya namaskar” (o nome em sânscirto da saudação ao sol) provavelmente remonte a milhares de anos no passado… a forma como a gente conhece ele, com 12 posturas, é realmente a forma mais célebre dele.
Agora, você já parou para pensar por que a gente faria uma saudação ao sol? Por que, afinal, gastar tempo com isso? E se você pensou nos benefícios físicos (apesar de que existem) errou feio, porque o verdadeiro significado da saudação ao sol vai muito mais fundo do que isso!

A História e a Importância da Saudação ao Sol no Yoga

A Saudação ao Sol, ou Surya Namaskar, é uma prática venerada, possivelmente com mais de 2.500 anos de história. Presente em diversos estilos de yoga, como Hatha, Ashtanga, Vinyasa e Iyengar, esta sequência é mais do que uma simples série de posturas; é uma celebração do Sol e sua energia vital. Esta sequência é celebrada por sua capacidade de equilibrar o corpo e a mente, preparando o praticante para um dia de clareza e energia.

O Significado Espiritual e Energético da Saudação ao Sol

Além de ser um excelente aquecimento físico, a Saudação ao Sol carrega um profundo significado espiritual. Na tradição Védica, o Sol é visto como uma manifestação divina, uma fonte de luz e energia que sustenta toda a vida na Terra. Cada movimento na Saudação ao Sol é um reconhecimento dessa força vital. Energeticamente, a sequência é projetada para equilibrar e revitalizar o corpo, com movimentos que se complementam, promovendo um fluxo harmonioso de energia. Esta prática nos lembra da importância do Sol não apenas como uma fonte de luz física, mas também como um símbolo de iluminação espiritual.

A Luz Interna: Reflexão do Sol Dentro de Nós

A prática da Saudação ao Sol também simboliza a luz do conhecimento e a conexão entre o universo (macrocosmo) e o indivíduo (microcosmo). Ao saudar o Sol externo, reconhecemos e despertamos o Sol interno, nossa própria fonte de luz e sabedoria. Esta prática nos lembra que, assim como o Sol externo ilumina o mundo, há um Sol interno que ilumina nosso ser interior, guiando-nos em nossa jornada pessoal. Ao praticar a Saudação ao Sol, estamos não apenas movendo nosso corpo, mas também honrando e conectando-nos com essa fonte interna de luz e energia.

Os 12 Mantras da Saudação ao Sol

Cada uma das 12 posturas da Saudação ao Sol está associada a um mantra específico, refletindo a jornada do Sol através das doze casas do zodíaco. Esses mantras adicionam uma camada de profundidade e intenção à prática, conectando-nos com o ritmo cósmico do universo. Por exemplo, um dos mantras é “adityaya namah”, que saúda o Sol como fonte de toda a vida. Essa integração de mantras transforma a prática física em uma experiência meditativa e espiritual. Cada mantra é uma saudação a um aspecto diferente do Sol, reconhecendo sua influência em nossas vidas e no cosmos.


Dá uma olhada nos doze mantras ao sol, com cada postura correspondente!

  • Om Mitraya Namah – (Samasthitih, postura inicial) – Saudação ao amigo de todos. Este mantra celebra o Sol como um símbolo de amizade e benevolência universal.
  • Om Ravaye Namah – (Hasta Uttanasana, braços para o alto) – Saudação ao brilhante. Este mantra reconhece o brilho e a luminosidade do Sol, fonte de luz e energia.
  • Om Suryaya Namah – (Uttanasana, flexão do tronco) –  Saudação àquele que dissipa a escuridão. Este mantra saúda o sol como a principal fonte de luz (figurativa e literalmente também)..
  • Om Bhanave Namah – (Ashva Sanchalanasana, postura do “corredor”) – Saudação ao iluminador. Este mantra também celebra o Sol como fonte de iluminação e clareza.
  • Om Khagaya Namah – (Caturanga Dandasana, postura da prancha) – Saudação ao que se move no céu. Este mantra reconhece o Sol como um viajante celestial, dominando os céus.
  • Om Pushne Namah – (Ashtanga Namaskara, postura dos oito pontos em contato com o chão) –  Saudação ao nutridor de tudo. Este mantra homenageia o Sol como fonte de nutrição e sustento para todas as formas de vida.
  • Om Hiranyagarbhaya Namah – (Bhujangasana – postura da cobra) – Saudação ao dourado, criador cósmico. Este mantra celebra o Sol como a origem da criação.
  • Om Marichaye Namah – (Adho Mukha Svanasana – postura do cachorro olhando para baixo) – Saudação aos raios do Sol. Este mantra reconhece a capacidade do Sol de iluminar e energizar através de seus raios.
  • Om Adityaya Namah –  (Ashva Sanchalanasana , postura do “corredor”) – Saudação ao filho de Aditi (a Mãe Cósmica). Este mantra homenageia o Sol como uma divindade, filho da infinitude e da vastidão.
  • Om Savitre Namah – (Uttanasana, flexão do tronco) – Saudação àquele que é responsável pela vida. Este mantra celebra o Sol como um estimulante, trazendo vida e energia ao mundo.
  • Om Arkaya Namah –  (Hasta Uttanasana, braços para o alto) – Saudação ao digno de louvor. Este mantra reconhece o Sol como merecedor de adoração e louvor.
  • Om Bhaskaraya Namah – (Samasthitih, postura inicial) – Saudação ao que traz a luz. Este mantra homenageia o Sol como a fonte suprema de luz, dissipando as trevas e trazendo clareza.

 

Enriquecendo Sua Prática de Yoga com a Saudação ao Sol

Incorporar a Saudação ao Sol em sua prática diária de yoga não é apenas um excelente exercício físico; é também uma maneira de enriquecer sua jornada espiritual. Com cada movimento e respiração, você pode se conectar mais profundamente com o universo e consigo mesmo. Esta sequência oferece uma oportunidade única de alinhar corpo, mente e espírito, promovendo um estado de equilíbrio e harmonia. Além disso, a prática regular da Saudação ao Sol pode ajudar a melhorar a flexibilidade, a força e a concentração, tornando-a uma ferramenta valiosa para o crescimento pessoal e espiritual.

“Onde que eu tenho acesso a esse tipo de conhecimento?”

Pois é… muita coisa do que você viu aqui foge do escopo de muitos livros, publicações especializadas e vídeos da internet! Esse é o tipo de conhecimento que você recebe num bom curso de formação em yoga!
E a gente tem um curso rodando já há mais de 14 anos que já transformou mais de 600 vidas!
Dá só uma olhadinha! https://leandrocastellobranco.com.br/curso-para-professor-de-yoga/sao-paulo/

Se essa não for a sua cidade, não tem problema!
Temos em algumas outras capitais e locais no país!

E sobre a Saudação ao Sol? Quer ver um vídeo a respeito??

Ou veja direto no YouTube!
https://youtu.be/49uWMer_QIM?si=uvDOgwdWHI-OzOAq

Leandro Casttelo Branco

Leandro Castello Branco, coordenador do Saraswati Studio de Yoga no Rio de Janeiro, vive o Yoga há mais de duas décadas. Morou seis meses na Índia em 2006 e desde então teve a oportunidade de viajar estudando vedanta, yoga e meditação com diversos mestres como Swami Dayananda Saraswati, S.S. o Dalai Lama e o mestre zen Thich Nhat Hanh. É autor do "Guia Prático para o Coração do Yoga", que chegou a ser um dos mais vendidos da Amazon/Kindle na categoria "Saúde e Família" e hoje já formou mais de 520 professores de Yoga. Em 2017 iniciou um trabalho online que já impactou centenas de milhares de pessoas em cursos, workshops e palestras.

Me acompanhe nas redes sociais


Autor
Posts + populares
×