Yoga Nidra – O Relaxamento Profundo

Antes de começar – tem um vídeo de relaxamento no final desse texto pra você fazer agora mesmo, se quiser! 🙂

 

“Feche os olhos por um momento e imagine-se em um estado de profunda serenidade, onde sua mente está calma, seu corpo está completamente relaxado e você está flutuando em um espaço entre sonho e realidade. Bem-vindo ao mundo mágico do Yoga Nidra, também conhecido como o ‘sono yogi’.

A tradição do Yoga Nidra é antiga, com raízes na tradição tântrica do Yoga. Embora não tenhamos muitos registros históricos específicos sobre o Yoga Nidra, sabemos que é uma prática profunda que tem sido passada através da tradição oral do Yoga por séculos. É uma técnica de meditação e relaxamento profundo que oferece uma maneira poderosa de liberar o estresse e a tensão, promover o bem-estar físico e emocional e permitir uma conexão mais profunda com o eu interior.

Muito mais do que uma soneca

A prática do Yoga Nidra é mais do que apenas uma soneca. É uma exploração consciente do estado de sono com sonhos, no qual você pode se conectar com seu subconsciente e desvendar camadas profundas de sabedoria e insight. Enquanto o corpo e a mente relaxam, o espírito se eleva, permitindo que você toque a fonte de criatividade, intuição e cura profunda. É um pouco difícil descrever esse estado pra quem nunca entrou, é um pouco entre o sono e a vigília, entre o alerta e o sonho.
Eu sempre falo nas aulas o seguinte: se você está roncando, foi longe demais e se você está atento a 100% então não entrou o suficiente.

Agora, você pode estar se perguntando, como se pratica o Yoga Nidra? Bem, é simples, mas incrivelmente profundo. Você se deita em Savasana, a postura do cadáver, e é guiado por um conjunto de instruções verbais. Essas instruções podem incluir visualizações, scan corporal, e exploração dos sentimentos e emoções. No final da prática, você se sentirá renovado, rejuvenescido e em um estado de profunda paz e tranquilidade. Como eu falei no começo do texto, tem um vídeo aí embaixo pra você sentir isso na pele!

Além do Yoga Nidra, existem muitas outras técnicas de relaxamento no Yoga. Algumas delas incluem Pranayama (exercícios de respiração), meditação e asanas relaxantes, como Balasana (postura da criança) e Viparita Karani (postura das pernas para cima na parede). Essas práticas ajudam a acalmar a mente, relaxar o corpo e trazer uma sensação de equilíbrio e harmonia. Hoje, essas coisas estão grupadas em aulas de Yoga Restaurativo, que é basicamente uma prática em que você quase não faz força e as posturas são sustentadas com ajudas de muitas almofadas, cintos, mantas, etc.

E o que diz a ciência?

Os benefícios do relaxamento, particularmente para condições como ansiedade, estresse, medo e insônia, são apoiados por uma rica gama de pesquisas científicas. Vamos explorar algumas dessas descobertas.

Em um estudo publicado no ‘Journal of Clinical Psychology’, pesquisadores descobriram que técnicas de relaxamento podem ajudar a reduzir sintomas de ansiedade generalizada, um tipo comum de transtorno de ansiedade. Isso está em linha com a sabedoria tradicional do yoga, que vê a quietude e o relaxamento como antídotos para a agitação mental.

O estresse, outra condição que muitos de nós enfrentamos em nosso dia a dia, também pode ser aliviado através do relaxamento. A ‘American Psychological Association’ afirma que técnicas de relaxamento podem ajudar a gerenciar o estresse e a melhorar a qualidade de vida. Quando praticamos Yoga Nidra ou outras técnicas de relaxamento, estamos essencialmente dando ao nosso sistema nervoso uma pausa e permitindo que ele se reequilibre.

O medo, uma emoção que pode ser intensa e esmagadora, também pode ser aliviado através do relaxamento. Um estudo publicado no ‘Journal of Behavior Therapy and Experimental Psychiatry’ sugere que técnicas de relaxamento podem ajudar a reduzir a resposta de medo e a aumentar o bem-estar emocional.

Por fim, a insônia, um distúrbio do sono que afeta muitas pessoas, pode ser melhorada através do relaxamento. A ‘National Sleep Foundation’ aponta que práticas de relaxamento, como o Yoga Nidra, podem ajudar a promover um sono de melhor qualidade.

Então, se você está se sentindo estressado, ansioso ou simplesmente precisa de um momento de paz, convido você a explorar o Yoga Nidra e outras técnicas de relaxamento do Yoga. Faça uma pausa, respire fundo e permita-se afundar na doçura do relaxamento. Lembre-se, o Yoga não é apenas sobre flexibilidade ou força, é também sobre aprender a relaxar, a soltar e a encontrar a paz dentro de você.

Meditação é Relaxamento? Relaxamento é Meditação?

Pre resumir, o relaxamento é um estado de descanso e alívio de tensões. Ao relaxar, estamos basicamente permitindo que nosso corpo e mente se recuperem das tensões e estresses acumulados. Técnicas de relaxamento, como o Yoga Nidra, focam em acalmar a mente e relaxar o corpo, ajudando a diminuir a frequência cardíaca, a pressão arterial e os níveis de estresse. Essas técnicas podem envolver a tensão e o relaxamento dos músculos, a respiração profunda e a visualização. A principal intenção aqui é liberar a tensão e atingir um estado de calma e tranquilidade.

A meditação, por outro lado, é mais do que apenas alcançar um estado de relaxamento. É um processo de quietude interna que visa aprofundar a consciência de si mesmo e do mundo ao redor. Durante a meditação, o foco não está apenas em relaxar o corpo e a mente, mas também em cultivar a atenção plena e o autoconhecimento. A meditação pode envolver a concentração em um objeto, pensamento ou atividade específica para treinar a atenção e a consciência, e alcançar um estado de clareza mental e emocional.

Então, enquanto o relaxamento é sobre soltar e descansar, a meditação é sobre focar e se tornar mais consciente. Ambos são valiosos e podem se complementar. Você pode começar com técnicas de relaxamento para acalmar a mente e preparar o corpo, e então se mover para a meditação para aprofundar a consciência e a compreensão.

É importante notar que, embora a meditação possa levar ao relaxamento, esse não é o objetivo principal. Da mesma forma, enquanto o relaxamento pode aumentar a consciência do próprio corpo, ele não necessariamente leva à consciência plena ou ao autoconhecimento que a meditação procura alcançar.

Ah! E é sempre bom lembrar – por tudo isso que foi dito, NÃO medite deitado!
Ou sua sessão pode terminar “misteriosamente” na manhã do dia seguinte…

E que tal tentar agora?

Olha, ler sobre relaxamento não é nem de longe tão bom quanto fazer um! Então, que tal começar agora e fazer um Yoga Nidra guiado nesse momento? Ou, salve o link para mais tarde, na hora de dormir! Tenho certeza de que vai fazer a diferença! Hoje, 23/06/23 o vídeo tem quase 195 mil visualizações e os comentários não deixam dúvidas de que funciona pra todo mundo! O primeiro, aliás, é hilário!

Bom soninho!!

 

 

 

Leandro Casttelo Branco

Leandro Castello Branco, coordenador do Saraswati Studio de Yoga no Rio de Janeiro, vive o Yoga há mais de duas décadas. Morou seis meses na Índia em 2006 e desde então teve a oportunidade de viajar estudando vedanta, yoga e meditação com diversos mestres como Swami Dayananda Saraswati, S.S. o Dalai Lama e o mestre zen Thich Nhat Hanh. É autor do "Guia Prático para o Coração do Yoga", que chegou a ser um dos mais vendidos da Amazon/Kindle na categoria "Saúde e Família" e hoje já formou mais de 520 professores de Yoga. Em 2017 iniciou um trabalho online que já impactou centenas de milhares de pessoas em cursos, workshops e palestras.

Me acompanhe nas redes sociais


Autor
Posts + populares
×